+55 (47) 3321-2222

Gota

Considerada uma doença crônica e progressiva, a gota pode causar sérias deformidades articulares e invalidez se não tratada corretamente.  A patologia acomete cerca de 50.000 pessoas no Brasil, sendo sua maior incidência em homens (95%), com idades entre 30 e 50 anos.

A alteração metabólica das proteínas leva ao aumento do ácido úrico no sangue (hiperuricemia) e gera a gota caracterizada pela formação de minúsculos cristais de urato que se depositam nos tecidos, principalmente nas articulações. A gota pode causar crises de bursites e tendinites caso haja inflamação das bursas e tendões ao redor das articulações.

Visualmente, há formação de pequenos nódulos em alguns tecidos como: borda da orelha, ponta do nariz e superfície das articulações, principalmente dos cotovelos, dos joelhos, das mãos e dos pés.

A obesidade é um dos fatores que propiciam o desequilíbrio e a deposição de ácido úrico nas articulações, favorecendo a formação de gotas.

A inflamação das articulações é chamada artrite gotosa. Normalmente, acomete uma única articulação. Um dos locais mais afetados é a articulação do maior dedo do pé (dedão), a chamada podagra. O joelho e o tornozelo também locais frequentes.

O tratamento está na diminuição da ingestão de alimentos com alto índice proteico e no aumento do consumo de líquidos. O tratamento cirúrgico é indicado quando ocorre grande deformidade articular por degeneração e destruição óssea.

 

 

Agendar
Agendamento On-Line IOT
Agende sua consulta no IOT via Whatsapp clicando no botão abaixo.
Powered by